Slide-2

Define-se a nutrição como a ciência que estuda todos os processos por meios dos quais o organismo recebe, utiliza e elimina os nutrientes ingeridos. A nutrição envolve para além de aspetos fisiológicos a seleção e escolha dos alimentos, passando pelo contexto de vida do indivíduo e pela sua relação com a saúde e a doença. Desta forma, inclui implicações sociais, económicas, culturais e psicológicas relacionadas com os alimentos e a alimentação.

Em particular, a nutrição desportiva é a área que aplica os conhecimentos de nutrição, fisiologia e bioquímica no exercício físico. A nutrição desportiva pretende complementar um programa de exercícios com finalidade específica, tendo como principais objetivos a promoção da saúde, a melhoria do desempenho físico e a otimização na recuperação pós-treino.

O praticante de atividade física procura, conjuntamente com a melhoria da sua capacidade física, otimizar a sua composição corporal com a redução de massa gorda e aumento de massa muscular. A alimentação saudável aliada ao exercício físico regular torna-se assim crucial para uma perda de peso saudável e mais efetiva, para além de promover a melhoria da qualidade de vida do indivíduo. 

Assim, a nutrição desportiva torna-se fundamental para a saúde dos indivíduos em geral e principalmente para a dos praticantes de exercício físico, por apresentarem necessidades nutricionais aumentadas comparativamente a indivíduos sedentários.

 

O nutricionista tem como principais funções:

A.    Avaliação do estado nutricional a nível individual;

B.    Realização de anamnese alimentar;

C.   Prestação de assistência nutricional individual, elaborando o diagnóstico nutricional, com base nos índices de atividade física e nos dados clínicos, bioquímicos, antropométricos e alimentares;

D.   Prescrição nutricional, com base no diagnóstico e estado de saúde adequando-a à evolução do estado nutricional do indivíduo;

E.    Prescrição, planeamento, análise, supervisão e avaliação de planos alimentares terapêuticos.

 

Etapas da consulta de nutrição

A consulta de aconselhamento e acompanhamento nutricional consiste numa avaliação complexa de parâmetros fisiológicos, bioquímicos e antropométricos, seguida da elaboração de um plano alimentar personalizado.

 

1.    Avaliação clínica

Esta consiste na avaliação da história individual e familiar de doença, dos índices de atividade física, bem como, do consumo de fármacos e/ou suplementos alimentares ou outras terapêuticas médias.

2.    Avaliação da composição corporal

A composição corporal é avaliada através do método de bioimpedância pelo equipamento Tanita BC-545®.

3.    Avaliação antropométrica

A avaliação antropométrica consiste na determinação do índice de massa corporal e de perímetros corporais.

4.    Avaliação alimentar

A avaliação alimentar consiste na aplicação de um questionário que tem como objetivo determinar hábitos e preferências alimentares do indivíduo.

5.    Definição de metas e objetivos 

6.    Reeducação alimentar

A reeducação alimentar é um processo de aprendizagem que permitirá ao indivíduo tornar-se apto e autónomo para escolhas alimentares saudáveis.

7.    Elaboração do plano alimentar personalizado

O plano alimentar personalizado é concebido tendo em conta as etapas anteriormente referidas.